top of page

Qual é o tempo médio de utilização de aparelho ortodôntico?



Se você está considerando iniciar um tratamento ortodôntico, provavelmente se perguntou quanto tempo levará para obter os resultados desejados.


Neste artigo, discutiremos qual é o tempo médio de utilização de aparelho ortodôntico, bem como os fatores que podem influenciar o tempo de tratamento.


Como funciona o tratamento ortodôntico?


O tratamento ortodôntico é um processo que utiliza aparelhos para corrigir a posição dos dentes e melhorar a oclusão dentária. Ele exerce uma força suave e contínua sobre os dentes, movendo-os gradualmente para a posição correta.


Uma pesquisa conduzida pela Associação Brasileira de Ortodontia com crianças 6 e 10 anos, apontou que 14,83% possuem oclusão normal e 85,17% dessas crianças apresentavam um tipo de alteração oclusal.


Após uma avaliação feita pelo ortodontista, que irá analisar o histórico médico e dentário do paciente, bem como fazer exames como radiografias e moldagens dos dentes. Com base nessas informações, o ortodontista desenvolverá um plano de tratamento individualizado.


Esse tratamento pode envolver o uso de aparelhos ortodônticos fixos ou removíveis, que aplicam forças nos dentes para movê-los gradualmente para a posição correta. O tempo de tratamento varia conforme a complexidade do caso e pode levar de alguns meses a alguns anos.


O tempo de uso pode variar, mas é essencial comparecer regularmente às consultas de acompanhamento para ajustes no aparelho e avaliações do progresso.


Qual é o tempo médio de utilização de aparelho ortodôntico?


O tempo médio de utilização de aparelho ortodôntico varia de paciente para paciente e depende de diversos fatores.


Em geral, o tempo de tratamento ortodôntico com aparelhos fixos pode variar de 1 a 3 anos, enquanto o tempo de tratamento com aparelhos removíveis pode variar de alguns meses a 2 anos.

O ortodontista, geralmente, realiza uma previsão mais precisa do tempo de tratamento durante a avaliação inicial, mas é importante lembrar que cada caso é único.


Além disso, para obter os melhores resultados e evitar atrasos, é importante realizar regularmente as consultas de acompanhamento para ajustes no aparelho e avaliações do progresso.


Quais fatores podem influenciar o tempo de tratamento?


Existem diversos fatores que podem influenciar no tempo de tratamento do aparelho ortodôntico, incluindo:


Complexidade do caso


Pacientes com problemas mais graves, como dentes apinhados ou problemas de mordida, podem precisar de um tempo de tratamento mais longo.


Idade do paciente


Crianças e adolescentes geralmente têm dentes e mandíbulas em desenvolvimento, o que pode permitir que o tratamento seja mais rápido e efetivo. Já em adultos, pode ser necessário um tempo maior de tratamento.


Adesão


Pacientes que não seguem as instruções do ortodontista, como não usar o aparelho corretamente ou não comparecer às consultas de acompanhamento, podem atrasar o progresso do tratamento e prolongar o tempo necessário para a conclusão.


Tipo de aparelho utilizado


Os fixos, por exemplo, podem ser mais efetivos para casos mais complexos, mas podem levar mais tempo para o tratamento. Já os aparelhos removíveis, embora sejam mais confortáveis, podem levar mais tempo para produzir resultados visíveis em alguns casos.


Condições bucais pré-existente


Para aqueles que possuem problemas, como cáries ou doença periodontal, podem precisar tratar esses problemas antes de iniciar o tratamento ortodôntico.


Um diagnóstico preciso e planejamento cuidadoso são fundamentais para garantir que o tempo de tratamento do aparelho ortodôntico não se estenda além do necessário.


Por isso, é importante escolher um profissional qualificado na área da ortodontia para realizar o tratamento. Se você deseja marcar uma avaliação, entre em contato com a nossa equipe.


Comentários


bottom of page