top of page

Odontologia preventiva: entenda a importância e quais são os procedimentos



É muito importante prestar atenção às funções do corpo, perceber quando as coisas não vão bem, realizar a detecção precoce e o tratamento adequado, para aumentar as chances de sucesso.


A odontologia preventiva tem o objetivo de prevenir problemas antes mesmo de eles existirem. Sabendo disso, prevenir é sempre a melhor escolha se comparada a medicar ou realizar tratamentos.


Por isso, desenvolvemos este artigo, para que você entenda a importância e quais são os procedimentos da odontologia preventiva.


O que é odontologia preventiva?


Manter a saúde bucal é tão importante quanto cuidar da saúde do resto do corpo. A odontologia preventiva visa conscientizar e promover a prevenção como principal cuidado para conservar um sorriso bonito e bem cuidado.


Mas muito diferente do que muitas pessoas acham, ela vai muito além de estética. É necessário manutenção diária, atenção e comprometimento nos cuidados com toda a estrutura da boca, incluindo dentes, língua e gengiva.


Por meio do acompanhamento periódico com o profissional da prevenção é possível evitar ou identificar em estágio inicial doenças bucais, infecções, mau hálito e dores de dente.


Um dos primeiros passos para iniciar esse processo é começar desde cedo para que as crianças se habituem à rotina diária necessária e evitem problemas odontológicos.


Qual a importância de prevenir problemas bucais?


A boca é uma parte muito importante do corpo, já que é por ela que acontece a alimentação e ingestão dos nutrientes para uma vida saudável.


A saúde oral tem um impacto significativo na qualidade de vida das pessoas. Por isso, a odontologia preventiva é aliada de quem deseja manter o controle.


Os principais problemas bucais que podem ser evitados com a odontologia preventiva são:


· dores de dente;

· mau hálito;

· problemas na mastigação;

· alterações do paladar;

· alterações estéticas e fonéticas.


Todos esses fatores estão relacionados ao corpo humano, portanto cuidar da saúde bucal é essencial para manter o funcionamento do todo, prevenção e da estética.


Os principais procedimentos da odontologia preventiva


A diferença entre procedimentos da odontologia preventiva e a comum é justamente a indicação de medidas para evitar que os problemas surjam e o tratamento de um quadro já existente.


Essa área abrange diversas áreas e procedimentos. Conheça os principais.

Exames complementares


Além do acompanhamento, muitas vezes o profissional solicita exames como radiografia para verificar toda a arcada dentária.


Profilaxia


A profilaxia, também conhecida como limpeza profissional, pode ser indicada pelo profissional que realiza o acompanhamento.


O procedimento consiste em uma limpeza profunda visando prevenir futuros problemas e diminuir as chances de doenças.


A consulta com profilaxia dos dentes normalmente envolve:


· avaliação geral dos dentes, pigmentos e presença de tártaro;

· aplicação de ultrassom para remoção de tártaro;

· aplicação de jato de bicarbonato de sódio para remoção de pigmentos extrínsecos e placa bacteriana;

· aplicação de flúor;

· orientação de higiene e cuidados gerais conforme a necessidade de cada paciente.


Acompanhamento e orientações de higiene


Consultas regulares para avaliação e acompanhamento dos tratamentos realizados fazem parte da odontologia preventiva, assim como orientações sobre higiene, alimentação e hábitos nocivos.


Hábitos nocivos são aqueles que, sem saber, acabam danificando de alguma forma a mecânica da boca.


Se você gostou desse artigo, leia também a nossa matéria “Conheça as especialidades da odontologia”. Para agendar a sua consulta preventiva, entre em contato com a nossa equipe especializada.



Comments


bottom of page