Implante dentário: tudo o que você precisa saber

Atualizado: 13 de jun.



O implante dentário é um procedimento em que um pino de titânio é utilizado para substituir a raiz do dente quando ele é perdido ou precisa ser extraído. Ele é a solução mais atual e moderna para recuperar os dentes faltantes, além de trazer muita segurança e qualidade de vida ao paciente.


Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 16 milhões de brasileiros vivem sem os dentes, sendo que acima dos 60 anos, 41,5% já perderam todos os dentes.


Por prejudicar a qualidade de vida de tantas pessoas, a procura pelo procedimento é grande, e com isso surgem diversas dúvidas sobre como funciona o implante dentário, quais seus tipos, quem pode fazê-lo e quais os seus benefícios. Para conhecer melhor e tirar todas essas dúvidas, continue lendo nosso artigo completo sobre implantes dentários. Boa leitura!


O que é o implante dentário?

O implante dentário é um procedimento que consiste na fixação de um pino no maxilar para servir de apoio para a colocação de um dente, sendo indicado nos casos em que a pessoa perdeu um ou mais dentes. Ele é fixado ao osso por meio de uma cirurgia e, após a integração óssea, é feita a colocação da prótese definitiva.


Esse tratamento permite substituir um dente natural, podendo ser colocado no osso do maxilar superior ou inferior, permitindo fazer força, comer e mastigar.


O material utilizado no pino de fixação do implante é o titânio, que tem a capacidade de fazer com que o osso grude no pino de forma permanente. Portanto, se trata de um metal que é biocompatível com o organismo, o que elimina o risco de rejeição e por isso o implante é uma forma segura e duradoura para substituição dos dentes perdidos. Já a coroa, geralmente é moldada em porcelana ou resina.


Quais os tipos de implantes dentários disponíveis?

Existem diversas opções de implantes no mercado e cada uma se adequa melhor a um tipo de necessidade. O cirurgião dentista irá determinar qual a opção recomendada para cada caso.


Implante unitário


O implante unitário é feito para substituir um único dente e durante o procedimento é realizado o implante de um pino de titânio no local do dente que falta.


Ele pode ser utilizado para inserir um dente entre outros, e caso seja necessário realizar a extração, é possível fazer o implante durante a mesma cirurgia.


Implante dois por três


O implante dois por três é indicado normalmente para pacientes que precisam substituir três dentes adjacentes e são implantados dois pinos de titânio. dente que ficará posicionado no meio não tem fixação no osso, então os dois implantes são colocados nas extremidades e é feita uma prótese de três dentes. O que ficar no meio permitirá a sustentação daqueles que estão presos nos implantes.


Carga imediata


Nesse tipo de implante, o profissional já pode fazer a instalação da prótese logo após a cirurgia de implantação do pino de titânio. A carga imediata possui próteses temporárias e que devem ser substituídas periodicamente, conforme orientação do dentista.


Prótese protocolo fixo


A prótese protocolo fixo é uma prótese total que fica presa em implantes dentários. Sua forma é igual a uma dentadura, mas fica fixada com pinos no implante e a quantidade de pinos varia de acordo com o tamanho da arcada dentária do paciente.


Prótese overdenture


Esse tipo é indicado para pessoas que perderam todos os dentes e para sua utilização é preciso fazer dois implantes na região frontal que permitirão o encaixe e desencaixe da prótese. Seu diferencial é que oferece conforto, pois tem maior estabilidade que as dentaduras comuns durante a mastigação.


Quais são as indicações para um implante dentário?

O implante pode ser recomendado em caso de perda dentária, seja total, parcial ou uniforme devido a vários fatores, sendo eles:

  • Pessoas que tiveram os dentes extraídos.

  • Quem perdeu os dentes em situações variadas, como acidentes, bruxismo, gengivite, infecções e cáries.

  • Pessoas que nasceram com falta de dentes.


Existe um momento ideal para colocar o implante?

O tempo ideal para colocar um implante dentário vai depender da formação óssea do paciente, e do seu estado de saúde estar controlado.


Portanto, para definir quando realizar o procedimento, é imprescindível a análise de um dentista de sua confiança, que após avaliação e exames, realizará um planejamento do procedimento cirúrgico.


A cirurgia de implante dentário

A cirurgia de implante é um procedimento indolor feito na clinica odontológica, mediante anestesia local. Após realizar a radiografia, os implantes são colocados onde haja osso suficiente e saudável.


Durante a cirurgia é feita uma incisão na gengiva para permitir o acesso do cirurgião à área onde o pino será fixado. Para a fixação, precisa ser feito uma espécie de furo no osso, e então é colocado o pino. Com este procedimento, o pino permanece totalmente coberto pela gengiva e não fica visível.


O tempo médio para a cirurgia é de cerca de 90 minutos se for colocado um único pino. Se a raiz do dente precisar ser extraída na mesma operação, o tempo será um pouco maior.


O implante dentário é um procedimento muito seguro e duradouro, que pode recuperar a saúde bucal e o bem-estar de quem a realiza.


Se você acha que esse é o momento ideal para realizar o seu implante dentário, entre em contato com a nossa equipe especializada, que irá avaliar as melhores opções de forma personalizada para o seu caso.