top of page

Cárie de mamadeira: saiba o que é, as causas e tratamentos



A cárie de mamadeira é uma condição que afeta bebês em fase de aleitamento e está relacionada à ingestão de alimentos com açúcar, principalmente durante a noite.


Segundo dados do Ministério da Saúde, 30% das crianças no Brasil entre 1,5 a 3 anos apresentam cárie. Além disso, estudos da Associação Brasileira de Odontologia mostram que crianças que frequentam o dentista pelo menos 4 vezes ao ano, tem as chances de ter cáries diminuídas em 70%.


Esse tipo de cárie pode causar diversos problemas para o bebê, como dores, inchaços e até mesmo evoluir para dentes tortos ou danificados na fase adulta.


Para sanar todas as dúvidas sobre as causas, sintomas e formas de prevenção da cárie de mamadeira, separamos algumas informações neste artigo. Confira!


O que é a cárie de mamadeira ou cárie rampante?


A cárie de mamadeira é a deterioração dos dentes em crianças causada pelo acúmulo de bactérias nocivas na região bucal.


Em adultos, a cárie dentária é causada por má higiene bucal, enquanto a cárie infantil é provocada pela ingestão de bebidas contendo açúcar, natural ou artificial.


Isso estimula o crescimento de microrganismos e assim, surgem as cáries, que podem afetar todos os dentes da criança, causando dor e alteração na fala e na mastigação.


Quando os açúcares entram em contato com os dentes e outras estruturas na boca, as bactérias entram em ação produzindo ácidos e outras substâncias que corroem gradualmente o esmalte dos dentes, prejudicando sua superfície e abrindo caminho para áreas mais internas.


Esse problema é mais comum em crianças que dormem com mamadeiras ou chupetas com ingredientes açucarados. Durante a noite os riscos se intensificam porque a produção de saliva diminui.


Muitas pessoas pensam que as crianças menores não correm risco de ter cárie porque não possuem dentes, mas os microrganismos podem permanecer na gengiva e retardar o desenvolvimento dos dentes.


É comum pensar que os dentes de leite serão substituídos por dentes fixos e por isso não há preocupação, mas a deterioração dos dentes pode causar danos ao longo de toda a vida.

O bebê pode sofrer com dentes tortos ou danificados na idade adulta, além de enxaquecas, problemas de mastigação e até mesmo afetar a respiração.


Principais sintomas da cárie de mamadeira


Os sintomas dessa condição são semelhantes aos problemas de cáries em qualquer idade. No entanto, os bebês podem sentir dor e desconforto, com ou sem falta de apetite e inquietação.


Mau hálito, vermelhidão e inchaço das gengivas também podem aparecer. Mas, os sintomas mais comuns são sinais de manchas ou danos nos dentes da frente, as áreas mais afetadas pela cárie de mamadeira.


Como prevenir a cárie de mamadeira?


Antes mesmo de outros cuidados, é essencial realizar o acompanhamento regular com um odontopediatra de confiança.


Além de prevenir possíveis problemas e diagnosticá-los quanto antes, as consultas podem ajudar a criança a se acostumar com o ambiente de atendimento, evitar experiências traumáticas e facilitar a realização de procedimentos.


Algumas medidas importantes para evitar esse problema são:


• realizar a escovação dos dentes da criança a partir da erupção dos primeiros dentes, com produtos indicados para a idade;

• evitar passar ingredientes com açúcar na chupeta;

• limpar as gengivas do bebê com uma gaze ou pano macio depois da amamentação;

• após o aparecimento dos dentes, realizar o uso do fio dental com as orientações do dentista;

• evitar o consumo de alimentos e bebidas com muito açúcar;

• não deixar que o bebê durma com mamadeira contendo líquidos açucarados;

• promover o uso de copos a partir de 1 ano de idade;

• e proporcionar uma alimentação equilibrada para a criança.


Após verificar os possíveis sintomas, se for determinado que o bebê está com início de cárie, é recomendável passar pelo Odontopediatra para realizar o tratamento adequado.


Agora que você já sabe o que é a cárie de mamadeira e os seus riscos, mas ainda tem dúvidas sobre o profissional responsável pelos cuidados com a saúde bucal dos bebês, crianças e adolescentes, leia o nosso artigo sobre as Especialidades da Odontologia.


Caso identifique algum dos sintomas citados neste artigo, entre em contato e marque uma consulta com os nossos especialistas em odontopediatria.





コメント


bottom of page